Quais os dilemas na volta às aulas na cidade de São Paulo

19/01/2021

 

Sob pressão inclusive de pediatras, prefeitura libera escolas para retomarem aulas presenciais a partir de 1º de fevereiro. Professores cobram inclusão nas primeiras fases da vacinação, entre outras condiçõesA prefeitura de São Paulo anunciou na quinta-feira (14) que escolas da rede privada estão liberadas a retomar as aulas presenciais, para todas as idades, a partir de 1º de fevereiro. A rede pública também será reaberta para o planejamento de professores, mas o início das aulas será em 15 de fevereiro. O ensino médio, em escolas públicas e particulares, já estava liberado na capital desde novembro de 2020.A decisão do prefeito Bruno Covas (PSDB) acontece num momento de agravamento da pandemia no país, inclusive em São Paulo, e depois de 10 meses de fechamento de quase todas as escolas da cidade. As aulas presenciais foram suspensas em março de 2020, mês em que a pandemia foi decretada pela Organização Mundial da Saúde.No domingo (17), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o uso emergencial das vacinas da Sinovac e da AstraZeneca/Oxford. A campanha de imunização no estado de São Paulo deve começar na segunda (18), mas as doses disponíveis em janeiro devem alcançar apenas uma parcela do primeiro grupo prioritário, que não inclui professores.Leia na íntegra: NexoO Nexo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos.

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Rua Joaquim Távora, 629 • Vila Mariana • 04015-001 • São Paulo • SP
Tronco chave: (0.xx.11) 5084-2482
Filial MG: (0.xx.31) 3285-2977 e 3221-1904 • Filial PE: (0.xx.81) 3221-0700 e 3222-2808
Copyright © 2021 por editora HARBRA. Todos os direitos reservados.