Professora da Bahia recebe intimação policial após queixa de aluna sobre conteúdo ‘esquerdista’

22/11/2021

 

Estudante procurou delegacia para reclamar de temas ligados a questões de gênero, racismo e diversidadeUma professora de filosofia do colégio estadual Thales de Azevedo, em Salvador (BA), recebeu uma intimação para comparecer à Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente após uma aluna apresentar queixa sobre o conteúdo apresentado em sala de aula, com temas relacionados a questões de gênero, racismo, assédio, machismo e diversidade.Depois de receber a intimação, ela ficou emocionalmente abalada e precisou ser levada a um hospital para atendimento médico, segundo a APLB (Associação dos Professores Licenciados do Brasil), seção da Bahia.A direção da escola divulgou nota de repúdio e afirmou que a intimação fere a liberdade de cátedra e a autonomia pedagógica.Leia a íntegra: Folha de S. PauloO Grupo Folha não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos. 

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Avenida Lins de Vasconcelos, 2334 • Vila Mariana • 04112-001 • São Paulo • SP
Tronco-chave: (0.xx.11) 5084-2482
Filial MG: (0.xx.31) 3285-2977 e 3221-1904 • Filial PE: (0.xx.81) 3221-0700 e 3222-2808
Copyright © 2021 por editora HARBRA. Todos os direitos reservados.